Pensentires em Prosas, Versos e Sonhares.

Voar junto e dar ASAS aos Sonhos, amplia possibilidades, de viver-se intensamente.

Textos



Dou “LIBERDADE” ao silêncio... [Introspecção]


Observo-me...
De um canto de mim...
Gaiola enferrujada...
Aberta pelo tempo...
[Delírios voejantes]
Os olhos que vejo
[preenchidos]
Refletem vazios...
[sufocam]
Imagens distorcidas
De partes sequeladas
Teimam em se fazer
Tatuagem salientes
Ao toque da angústia...
Negam presenças.
Já não sou eu a pele
que toco ao me tocar...
Sinto-me fragmentos...
[Atraídos e repelidos,
gravitando  em torno
de pensamentos
e desejos]
Sedosos e ásperos...
Sinto alegria na alegria...
Ouço a poesia
Que muitas vezes
É a garganta de minhas
Ansietudes
e enigmas...
Ah! Estou parte
de um desconhecido eu.
Que mesmo diante
De meus olhos
não vejo...
Que quando toco
já me perdi e
deixei
de ser...
Talvez seja
EU
a "louca-eu".








LEIA...
Juli Lima
Enviado por Juli Lima em 25/01/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras